As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos.

http://www.planetauniversitario.com
14/03/2011
FEC e Royal Botanic Gardens lancam Manual de Botanica com apoio da Unemat e Sema - MT

A Fundação Ecológica Cristalino - FEC e o Royal Botanic Gardens, Kew (Reino Unido) lançam o Manual de Botânica "Vegetação e Plantas do Cristalino", um guia inédito das espécies de vegetação encontradas em 187.187,71 hectares da Amazônia mato-grossense, onde está situado o Parque Estadual do Cristalino e as Reservas Particulares de Patrimônio Natural (RPPNs) Cristalino. As unidades de conservação estão localizadas na Bacia do Rio Cristalino, afluente do rio Teles Pires, entre os municípios de Alta Floresta e Novo Mundo. O guia foi extraído de um trabalho minucioso, intitulado "Programa Flora Cristalino", realizado durante três anos por pesquisadores da FEC e do Royal Botanic Gardens, Kew (maior autoridade em botânica do mundo) em parceria com a Fauna & Flora International. Apoiaram os estudos a Secretaria Estadual de Meio Ambiente- SEMA-MT, Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat) e o Cristalino Jungle Lodge. A apresentação do Manual "Vegetação e Plantas do Cristalino" foi escrito pela superintendente de Biodiversidade da Sema na época, Eliane Fachim. Este é o primeiro projeto de larga escala de levantamento florístico do sul da Amazônia, visando à preservação de sua diversidade vegetal antes praticamente desconhecida e altamente ameaçada pelo desmatamento.

Iniciado em 2006, o programa Flora Cristalino teve dentro de suas metas a capacitação de instituições da região e o fomento da preservação da biodiversidade vegetal. Dentre os expressivos resultados deste programa, destacamos o levantamento florístico de 1.366 espécies de plantas, que contribuiu com a formação do primeiro Herbário da Amazônia Meridional, estando depositado no campus da Unemat em Alta Floresta.

Foram coletadas cerca de 3.000 amostras de plantas, de 626 gêneros e 151 famílias distribuídas em nove tipologias de vegetação. Desse total, 9 espécies são novas para a ciência e 4 registros são inteiramente novos para o Brasil. Além disso, 40 espécies são novas para Mato Grosso. Os dados foram incorporados ao Planos de Manejo do Parque Estadual Cristalino - PEC e as RPPNs Cristalino e estão à disposição dos gestores do Parque Estadual Cristalino." Este trabalho é um orgulho para nós da FEC, agregando valor inestimável conhecimento sobre a biodiversidade do sul da Amazônia. Com o manual, pretendemos disseminar este conhecimento para a comunidade científica por se tratar do primeiro levantamento científico/botânico da Amazônia mato-grossense", comentou a presidente da FEC, Vitória Da Riva Carvalho. A publicação pode ser adquirida pela FEC através de contato por e-mail ou pelo telefone: 66-3521-8513

http://www.planetauniversitario.com/index.php?option=com_content&view=ar...