As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos.

G1 - http://g1.globo.com/
27/06/2018
Homens sao presos apos serem flagrados desmatando area de reserva ambiental em RO

Homens são presos após serem flagrados desmatando área de reserva ambiental em RO
27/06/2018 10h31

Por G1 Ariquemes e Vale do Jamari

Quatro suspeitos disseram que cada um possuía 30 hectares e estavam limpando a área dentro do Parque Estadual de Guajará-Mirim (RO). Grupo foi levado à Delegacia de Buritis (RO).

Quatro homens, entre 36 a 52 anos, foram presos nesta semana após serem flagrados desmatando uma área dentro da Unidade de Conservação do Parque Estadual de Guajará-Mirim (RO). Segundo a Polícia Militar Ambiental (PMA), os infratores disseram que cada um possuía 30 hectares e que estavam desmatando em conjunto para fazer a limpeza da área.

De acordo com as informações do boletim de ocorrência, uma equipe composta por policiais ambientais e fiscais da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Ambiental (Sedam) realizavam patrulhamento dentro da Unidade de Conservação, quando ouviram o barulho de motosserras e árvores caindo.

A equipe se deslocou na direção do barulho e encontraram cinco homens desmatando os lotes que eles próprios haviam demarcados. Durante o flagrante, um dos infratores correu e conseguiu fugir após ir em direção a mata fechada.

Ao serem questionados, os quatro homens disseram que cada um possuía uma área de 30 hectares e que estavam no local para fazer a limpeza da área pretendida. Os suspeitos ainda confirmaram ter o conhecimento de que o local se tratava de uma reserva ambiental.

Durante o procedimento, a equipe de fiscalização constatou que os homens já havia desmatado cerca de 3 hectares. As motocicletas e as motosserras dos infratores foram apreendidos e um acampamento foi destruído pela equipe de fiscalização.

Os quatro homens receberam voz de prisão e foram encaminhados até a Delegacia de Polícia Civil de Buritis (RO), no Vale do Jamari, para prestar esclarecimentos ao delegado de plantão.

https://g1.globo.com/ro/ariquemes-e-vale-do-jamari/noticia/homens-sao-pr...