As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos.

A Critica - http://acritica.uol.com.br/
17/12/2013
Parque Nacional de Anavilhanas, no AM, sera o primeiro a receber verba para a Copa do Mundo

Por meio do programa "Parques na Copa", do Ministério do Turismo, o Parque Nacional de Anavilhanas, localizado entre os municípios de Manaus e Novo Airão, receberá a verba de R$ 1 milhão para financiar obras de sinalização e o ordenamento da hidrovia com o objetivo de atrair turistas na Copa do Mundo de 2014. A liberação foi publicada no Diário Oficial da União nessa segunda-feira (16) e levou em conta, principalmente, as grandes seleções que farão jogos na capital.

Segundo o secretário nacional de Políticas de Turismo, Vinícius Lummertz, o objetivo do programa é preparar os parques nacionais para o aumento de visitantes. "O Brasil tem nas áreas protegidas seu principal ativo turístico, sendo considerado o número 1 em atrativos naturais num ranking de competitividade em turismo do Fórum Econômico Mundial, que avalia 140 nações", informou.

Além Parque Nacional de Anavilhanas (AM) também foram contemplados: Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses (MA), Parque Nacional da Tijuca (RJ), Parque Nacional da Chapada dos Guimarães (MT), Parque Nacional de Ubajara(CE), Parque Nacional de Brasília (DF), Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros (GO), Parque Nacional da Serra do Cipó (MG), Parque Nacional da Serra dos Órgãos (RJ), Parque Nacional de Itatiaia (RJ) e Parque Nacional de Aparados da Serra/Parque Nacional da Serra Geral (divisa entre RS e SC).

Turismo

De 2006 a 2013, o aumento no número de visitantes em parques nacionais triplicou de 1,9 milhões para 6 milhões, de acordo com estudo feito pelo Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (Pnuma). A pesquisa ainda apontou que os parques nacionais poderiam gerar, somente com visitação, pelo menos R$ 1,6 bilhão por ano sem contar as cadeias produtivas dentro e em volta desses parques, cujo potencial de negócios não foi estimado.

O Parque Nacional de Anavilhanas apresenta formações florestais diversas, como floresta ombrófila densa, igapó, campinarana, caatinga-gapó e chavascal, além de ecossistemas fluviais e lacustres. A parte fluvial do Parque, com mais de 400 ilhas, aproximadamente 130 km de extensão e em média 20 km de largura, representa 60% da Unidade, enquanto a porção de terra firme representa 40%, num total de 350.018 há (3.500,18 km²).

http://acritica.uol.com.br/amazonia/Parque-Nacional-Anavilhanas-Copa-Mun...