As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos.

ICMBio - http://www.icmbio.gov.br/
24/05/2018
Programa aproxima estudantes da natureza

Programa aproxima estudantes da natureza
Base Avançada de Capanema desenvolve atividade de educação ambiental no Parque Nacional do Iguaçu.

ICMBio
Publicado: Quinta, 24 de Maio de 2018, 15h27

Nos últimos dias, quatro excursões com estudantes e professores de Capanema (PR) visitaram o Parque Nacional do Iguaçu. As visitas fazem parte do Programa de Educação Ambiental criado e executado pela Base Avançada de Capanema do Parna do Iguaçu. Participaram aproximadamente 80 pessoas, especialmente crianças.

O programa tem por objetivo proporcionar a estudantes e professores da região lindeira ao Parna Iguaçu, especialmente das escolas rurais, informações e momentos de interação e descontração no interior do Parque. A atividade busca também sensibilizá-los quanto a alguns dos principais desafios para a proteção da biodiversidade da unidade de conservação como caça, extração de palmito e pesca.

As atividades de Educação Ambiental na região sul do Parna Iguaçu (área de influência da Base Avançada de Capanema) ocorrem de maneira contínua desde 2016, levando todo mês turmas de estudantes e professores para conhecerem o Parque. "Para nós, é ponto pacífico a importância de levarmos as pessoas para dentro dos parques. Afinal, para valorizar e proteger é preciso, antes de tudo, conhecer e usufruir", ressalta o chefe da Base Avançada de Capanema, Carlos Henrique Bernardes

Segundo ele, a atividade é uma experiência de aprendizado e contato com a natureza selvagem, além das palestras. Os estudantes também têm a oportunidade de navegar por um dos rios icônicos da região sul do Brasil, o rio Iguaçu. Além disso, fazem trilhas guiadas pela exuberante Mata Atlântica do Parna Iguaçu, navegam pelo rio Silva Jardim, um dos afluentes do Iguaçu que atravessa as matas do Parna, terminando a atividade ao lado de uma das maiores cascatas do Parque, o Saltão do Silva, uma cachoeira com 8 metros de altura e 50 metros de largura.

Os estudantes têm a oportunidade de conhecerem de perto algumas espécies de árvores e plantas da flora nativa, como a palmeira juçara, ameaçada de extinção. "Sempre que estão frutificando, ofereço a eles, para experimentar, frutas nativas da mata como uvaia, gabiroba e guapuruti, que os estudantes saboreiam num misto de curiosidade e contentamento", afirma. E ainda, não raro, conseguem observar algumas das inúmeras espécies de animais que são protegidos pelo Parque do Iguaçu, como capivaras, cutias, macacos, patos, cágados, jacarés, biguás, porcos-do-mato, tucanos, além de conhecerem os rastros de outros bichos como antas e onças.

O trabalho de Educação Ambiental conta com a parceria da empresa Macuco Safari, uma das concessionárias que operam na região das Cataratas no interior do Parna Iguaçu. O projeto ainda tem a parceria com a prefeitura de Capanema, Camping Gavião Macaco e Consórcio Empreendedor Baixo Iguaçu. Desde o início do programa já participaram mais de mil alunos e professores no Parque do Iguaçu.

http://www.icmbio.gov.br/portal/ultimas-noticias/20-geral/9650-programa-...